Jogando a real
Jogando a real

Um movimento interessante fez muito barulho essa semana, o Machado de Assis real. Esse movimento, criado pela Faculdade Zumbi dos Palmares, tem o intuito de fazer uma errata histórica: colocar o rosto real de Machado de Assis, um rosto negro.

O embranquecimento é algo mais comum do que se imagina. Na atualidade o nome mais comum a ser ouvido é whitewashing. Este termo é ligado a escalação de atores brancos para papéis que seriam de outra etnia. É fácil lembrar casos envolvendo asiáticos (ou a falta deles), como o filme Ghost In The Shell e Avatar: A Lenda de Aang, e até mesmo aqui no Brasil, na novela da Globo, Sol Nascente.

Fica claro que esconder a figura negra na história é algo antigo e que continua sendo feito, até mesmo em minhas buscas é dificílimo de encontrar outras figuras da história que teve sua cor de pele omitida. E assim a história vai se embranquecendo.

Ver que a história foi revista antes de chegar a nós é conflituoso com a busca atual por representatividade. Será que já fomos representados e nos foi escondido?

O movimento sobre Machado de Assis usa a palavra real em seu título, algo muito pungente. O que é real e o que é “fake” vivem atualmente em uma constante mistura e confusão e o que real se torna mais distante e em casos como o do clássico escritor mostra que a realidade era fake.

Tá difícil, mas além de construirmos o futuro, temos que dar uma olhada no passado para checar se não bagunçaram, ou se governos e falsos filósofos estão querendo piorá-lo mais ainda…

Como um bom fã de “De Volta Para o Futuro”, busco agora meu DeLorean para ver se o que fizeram com nossa história. E fazer como diz o texto do movimento Machado de Assis real, a história agradece.

Últimas matérias

Sci-fi real

Sci-fi real Sci-fi real Sou um grande fã de ficção científica, principalmente viagem no tempo. Filmes, livros e quadrinhos dentro dessa temática me fascinam. Me

Leia Mais »

Gustavo Nogueira

estudante de jornalismo, formado em cinema na lafilm institute, autor do livro "quadro a quadro". além do êxodo, é colaborador do universo hq.

ENVIE A SUA MENSAGEM

ENVIE A SUA MENSAGEM